EUA. 450 novos casos de doenças respiratórias por utilização de cigarros eletrónicos

Publié le 11 septembre 2019

O recente surto de doenças respiratórias graves, registado nos Estados Unidos das América, pode estar relacionado com a utilização de cigarros eletrónicos. Até ao passado dia 6, as autoridades contabilizaram um total de 450 casos e cinco mortes em solo americano. Segundo o comunicado da Sociedade Portuguesa de Pneumologia, apesar da apresentação clínica variar, há um elo de ligação entre todos os pacientes: o uso de produtos relacionados com cigarros eletrónicos.

 

Tosse seca, opressão torácica e falta de ar são apenas alguns dos sintomas apresentados pelos 450 doentes identificados. Problemas gastrointestinais, como náuseas ou diarreia, ou aspetos mais gerais como fadiga e febre, são outros dos sintomas verificados.

 

De acordo com a Sociedade Portuguesa de Pneumologia, apesar da apresentação clínica ser variada, e a causa ainda ser uma incógnita, o elo comum entre todos os casos é o uso de produtos relacionados com cigarros eletrónicos.

Até ao momento, “desconhece-se se a doença é provocada por toxicidade” de algum dos compostos destes cigarros, ou se “por outras substâncias formadas quando se dá o aquecimento e vaporização dos líquidos”, revela o comunicado.

Um terço dos afetados tem menos de 18 anos, sendo que os restantes têm idades compreendidas entre os 16 e os 52 anos.

A maioria das pessoas que apresentaram estes sintomas necessitou de hospitalização, uns para receber ventilação mecânica, outros para realizar um procedimento de oxigenação extracorporal por membrana.

Todos os testes para verificar a presença de agentes microbianos deram negativo, o que exclui as bactérias e os vírus como possíveis causas do surto. Desconhecendo a causa concreta, desconhece-se também o tratamento. Contudo, em alguns pacientes, a terapêutica corticoide permitiu verificar melhorias.

Apesar do elevado número de dispositivos e líquidos diferentes disponíveis no mercado, cerca de 80% dos doentes afirmaram ter consumido produtos com nicotina e derivados da Cannabis.

Embora a investigação ainda se encontre em curso, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia alerta para o risco real da “inalação de compostos químicos presentes no vapor dos cigarros eletrónicos” e recomenda a não utilização dos mesmos.

 

Alfa/RTP.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background