Franceses suspeitam que Rui Pinto também pirateou o PSG. Franceses querem acesso aos ficheiros dele

 

 

Alfa

Autoridades francesas suspeitam que Rui Pinto pirateou o Paris Saint-Germain, indica hoje o jornal Publico na sua edição em papel.

« Pedido de cooperação judiciária chegou há mais de ano e meio, mas parte da informação pedida ainda não foi fornecida », informa o jornal, que acrescenta: « Gauleses querem aceder a documentos que possa ajudá-los na investigação ».

Ministério Público francês recorreu a « mecanismo de cooperação que dá pelo nome de Decisão Europeia de Investigação em Matéria Penal », informa o diário português.

O Público diz que o pirata informátio Rui Pinto (figura central do caso que dá pelo nome de ‘Football Leaks’), envolvido em diversos casos em curso na Justiça portuguesa, é suspeito pelos gauleses de « também estar na oriogem de um ataque informático de que o clube francês Paris Saint-Germain (PSG) foi alvo ».

Dois dos documentos a que os franceses querem ter acesso são um relativo ao orçamento da época 2017/18 e outro relacionado com um plano estratégico para o futuro do clube.

Entre as contas de correio eletrónico que poderiam ter sido pirateadas, diz o jornal, figura uma do magnata do Qatar, Nasser al-Khelaifi, dono do clube e ainda uma outra de Antero Henriques, na altura diretor desportigo do clube da cidade-luz. Os parisienses serão suspeitos de não terem cumprido o chamado « Fair-play » financeiro, que visa garantir um equilíbrio entre receitas e despesas dos clubes, e existirão dúvidas sobre por exemplo o contrato de Neymar relacionadas com « cláusulas milionárias ».

td-main-content-wrap
Article précédentAristides, o Justo, tem Honras de Panteão Nacional e é notícia em Portugal. Mas casa-museu está atrasada
Article suivantTEMPESTADE 2.1 PODCAST 16 DE OUTUBRO 2021