Homenagem. Jerusalém vai ter uma praça com o nome de Aristides Sousa Mendes

Publié le 18 janvier 2020

O embaixador de Israel em Lisboa convida Marcelo Rebelo de Sousa a voltar a Jerusalém para assistir à homenagem que a cidade vai fazer ao diplomata português que salvou milhares de refugiados do Holocausto. Jerusalém vai ter uma praça com o nome de Aristides Sousa Mendes – informa o Expresso na sua edição semanal deste sábado, 18

 

 Aristides Sousa Mendes salvou milhares de refugiados na II Guerra Mundial, mas os vistos que emitiu custaram-lhe o emprego <span class="creditofoto">FOTO D.R.</span>

Aristides Sousa Mendes salvou milhares de refugiados na II Guerra Mundial, mas os vistos que emitiu custaram-lhe o emprego FOTO D.R.

Em texto assinado por Manuel Goucha Soares, o Expresso escreve que “o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa é um dos mais de 40 chefes de Estado ou de Governo que vão estar na próxima semana em Jerusalém para participar no V Fórum Mundial sobre o Holocausto, que assinala o 75º aniversário da libertação dos campos de Auschwitz-Birkenau”.

“Mas, ao contrário de muitos dos seus pares, é provável que Marcelo regresse a Jerusalém ainda no primeiro semestre deste ano, para participar na inauguração da Praça Aristides Sousa Mendes — o diplomata português que (quando foi cônsul em Bordéus) emitiu vistos que salvaram milhares de refugiados do Holocausto nazi, ignorando instruções do Governo de Salazar, e que teve grandes dificuldades financeiras nos últimos anos de vida”, acrescenta.

“Deixo desde já um convite para o Presidente de Portugal se deslocar a Jerusalém para assistir à inauguração do grand point Aristides Sousa Mendes”, disse ao Expresso o embaixador de Israel em Lisboa, Raphael Gamzou.

Artigo para ler na íntegra em versão papel ou digital em expresso.pt


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background