Mundial2022: Marrocos vai “fazer de tudo para causar surpresa” diante de Portugal

Foto. site.frmf.ma

O selecionador de Marrocos assegurou hoje que o conjunto africano, o único presente nos quartos de final do Mundial2022 de futebol, vai tentar de tudo para surpreender Portugal com um triunfo, de forma a fazer história.

“Temos fraquezas como todas as equipas, mas Portugal talvez tenha menos. Vamos concentrar-nos no que sabemos fazer e tentar estabelecer um plano para surpreender e aprimorar a nossa estratégia”, expressou Hoalid Regragui, aos jornalistas, durante a conferência de imprensa de antevisão ao desafio de sábado.

A presença de Marrocos nesta fase acaba por ter um destaque maior, já que é apenas a quarta vez na história dos Mundiais que África tem uma equipa nos ‘quartos’, reeditando os feitos de Camarões (1990), Senegal (2002) e Gana (2010), que, no entanto, falharam a chegada às ‘meias’.

“Vamos fazer de tudo para causar surpresa. Queremos superar este desafio e fazer história. A decisão será nos detalhes”, reforçou.

Sobre a equipa comandada pelo seu homólogo Fernando Santos, os elogios são muitos da parte de Hoalid Regragui, que apontou Portugal como favorito a ganhar o Mundial.

“Uma equipa que tem jogadores que jogam nos melhores clubes do mundo, têm avançados de alto nível e um dos melhores jogadores da história [Cristiano Ronaldo]. Não vai ser fácil, porque sabemos que vai ser um jogo com dificuldade igual aos da Bélgica [fase de grupos] e Espanha [oitavos de final]. Sabemos que são favoritos e podem ganhar a ‘Copa’ do Mundo, mas também podemos ser a pedra no sapato de Portugal e fazer o que fizemos nos jogos anteriores”, perspetivou.

Hoalid Regragui alertou ainda para os ‘leões dos atlas’ não “entrarem em euforias”, face ao triunfo ante a Espanha, nas grandes penalidades (3-0), após um ‘nulo (0-0) no final do prolongamento.

Por sua vez, o guarda-redes Reda Tagnaouti manifestou o desejo de ver a sua equipa “dar uma alegria ao povo marroquino”, pelo que é preciso concentração para ultrapassar os lusos.

“Estamos preparados e esperamos vencer para dar a alegria ao nosso povo marroquino. Sabemos quais são as nossas responsabilidades, temos de nos concentrar para chegarmos às meias-finais”, disse o guardião, de 26 anos, que atua no WAC, de Marrocos, mas na seleção africana é habitual suplente.

Portugal e Marrocos vão defrontar-se nos quartos de final do Mundial2022, no sábado, a partir das 16:00, no Estádio Al Thumama, em Doha, um encontro que será dirigido pelo argentino Facundo Tello.

 

Com Agência Lusa.

td-main-content-wrap
Article précédentPortugal, Espanha e França apresentam hoje detalhes de novas ligações de energia
Article suivantMundial2022. « Deixem o Ronaldo em paz » – Fernando Santos