Papa Francisco defende uniões de facto de casais homossexuais

Publié le 21 octobre 2020

O Papa Francisco defendeu hoje pela primeira vez que os casais homossexuais devem ser protegidos pelas leis da união civil, durante uma entrevista para o documentário “Francesco”, que se estreou no Festival de Cinema de Roma.

“Os homossexuais têm o direito a ter uma família. Eles são filhos de Deus”, disse Francisco numa das suas entrevistas para o filme.

“O que temos de ter é uma lei da união civil. Dessa forma, eles estão legalmente cobertos”, frisou.

O filme, no âmbito do qual foi entrevistado, aborda questões com as quais o Papa Francisco mais se preocupa, incluindo ambiente, pobreza, migração, desigualdade racial e discriminação.

Enquanto servia como arcebispo de Buenos Aires, Francisco defendeu a união civil para casais homossexuais, no entanto nunca até hoje se tinha manifestado sobre o assunto na qualidade de Papa.

 

Com Agência Lusa.


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background
Powered by Live Score & Live Score App