Paris celebra “dia dedicado a Portugal”, promovido pela comunidade

Publié le 9 octobre 2018

Paris vai ser palco de “um dia dedicado a Portugal” com uma gala e um encontro de associações lusófonas no próximo sábado, 13 de outubro, no Hôtel de Ville.

“É um dia dedicado a Portugal em Paris. Temos a gala à noite e durante o dia, acontece o encontro nacional de associações portuguesas em França. Portanto, temos um dia inteiro em que a Câmara de Paris está mobilizada para a comunidade portuguesa”, disse à Lusa Luciana Gouveia, delegada-geral da Associação Cap Magellan, que está encarregue da programação artística da gala.

A oitava edição da Noite de Gala, oferecida pela Câmara Municipal de Paris e programada pela Cap Magellan, vai juntar 650 convidados, entre artistas, empresários, dirigentes associativos, políticos, professores e “estudantes lusófonos ou lusófilos”.

Nos salões nobres do Hôtel de Ville, no centro de Paris, vão subir ao palco o fadista Rodrigo Costa Félix, enquanto António Manuel Ribeiro, líder dos UHF, João Grande, fundador dos Táxi e Boss AC vão atuar ao lado de jovens nomeados para o prémio revelação artística.

“O espírito da Cap Magellan, desde o início, é juntar artistas consagrados em Portugal com jovens lusodescendentes e lusófonos, lançar desafios aos primeiros para agilizarem momentos especiais com jovens desconhecidos”, explicou Luciana Gouveia.

A gala, que vai ser apresentada por José Carlos Malato e pela lusodescendente Sónia Carneiro, vai também recompensar projetos associativos, estudantes, cantores, jovens empreendedores e iniciativas cidadãs.

O evento realizou-se pela primeira vez em 2011, depois de um “Tratado de Amizade” entre Paris e Lisboa assinado pelos então autarcas António Costa e Bertrand Delanoë, e assinala-se, todos os anos, perto da data da Implantação da República Portuguesa.

“A gala vem de uma iniciativa política das câmaras municipais de Paris e Lisboa. O objetivo da associação é propor uma programação memorável e que a noite de gala seja incontornável da programação anual para a comunidade portuguesa de Paris e até de França de forma geral. Gostávamos que servisse de exemplo para outras cidades de França e até devia ser uma reivindicação da comunidade, mas aí entramos noutro debate que é a nossa eterna transparência”, acrescentou a dirigente associativa.

Ao longo do dia, a Coordenação das Comunidades Portuguesas da França (CCPF) vai organizar o 15.º Encontro Nacional das Associações Portuguesas de França e o 2° Encontro das Associações Lusófonas, sob o tema “O mundo associativo na Europa/O Futuro da Europa”.

“Na véspera das eleições europeias de 2019 e numa altura em que alguns países europeus escolheram o recolhimento ideológico, o futuro da Europa parece comprometido. A Coordenação das Comunidades Portuguesas da França propõe às associações portuguesas e lusófonas de vir refletir sobre estas questões europeias”, indica o evento criado numa página Facebook.

Entre as questões em debate vão estar “Que futuro para a Europa e para qual Europa? Que papel as associações podem desempenhar na construção da Europa? O que a Europa pode trazer ao mundo associativo? Qual é o lugar da língua portuguesa e das culturas de língua portuguesa na Europa?”.

Os convidados das mesas-redondas são o antigo embaixador em França Francisco Seixas da Costa, os historiadores Miguel Guerra e Vítor Pereira, o escritor Nuno Gomes Garcia, Adeline Afonso, presidente da associação Jeunes Européens -Paris, Ricardo Lopes, fundador e diretor da revista JG Jumelage/Geminações, Ana-Maria Torres, conselheira municipal na cidade de Bordéus, e Luísa Semedo, presidente da secção regional da Europa do Conselho das Comunidades Portuguesas.

O dia dedicado à cultura portuguesa acontece no fim-de-semana em que Portugal volta a estar em destaque na Festa das Vindimas de Montmartre, com iguarias, vinhos e artesanato.

Portugal participa no evento pelo segundo ano consecutivo e vai estar representado pelo município de Reguengos de Monsaraz, pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa e pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa.

Alfa/Lusa.


Opinions des lecteurs

Laisser un commentaire


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background