Portugal defende o título europeu de hóquei em patins na Corunha

Publié le 12 juillet 2018

O campeonato da Europa de hóquei em patins começa no sábado, com a seleção portuguesa a defender o título em casa da atual campeã mundial, a Espanha, num torneio disputado de 14 a 22 deste mês, na Corunha.

Dois anos depois de levantar o troféu, em Oliveira de Azeméis, a equipa de Luís Sénica inicia a caminhada na competição diante de Andorra, no domingo, depois de a Espanha inaugurar o torneio no dia anterior, diante da Inglaterra.

A seleção das ‘quinas’ é a ‘cabeça de cartaz’ do grupo A, que, além de Andorra, conta também com a França, formação que pode ‘correr por fora’ pela conquista, Suíça e Áustria.

O grupo B vai ter mais uma equipa, num total de seis, contando também com outra favorita, a Itália, que perdeu na final contra Portugal em 2016, contando ainda Holanda, Bélgica e Alemanha e as já referidas Espanha e Inglaterra.

Portugal parte para a competição com o guarda-redes Ângelo Girão, Vítor Hugo e Henrique Magalhães, do Sporting, atual campeão nacional, o ‘guardião’ Pedro Henriques, Diogo Rafael e o ‘capitão’ João Rodrigues, que já assinou pelo Barcelona, Hélder Nunes, Rafa Costa, Gonçalo Alves, do FC Porto, e com Poka, que esta temporada alinhou no Valongo, mas também já assinou pelos ‘azuis e brancos’.

Ferran Font, do Sporting, e Jordi Adroher, do Benfica, são os ‘portugueses’ na seleção espanhola, Alex Mount, da Sanjoanense, Charlie Oakes e William Rawlinson, do Hóquei Académico de Cambra, na Inglaterra, e Reginaldo Migalhas, da Juventude Azeitonense, representa a Holanda.

Por outro lado, a Bélgica alinha três jogadores nascidos em Portugal, Nuno Rilhas, de 45 anos, Marco Miguéis e Sérgio Rita, e o treinador da Áustria, João Nuno Meireles, fecha o ‘rol’ de portugueses.

A seleção belga é aquela que já não marca presença num europeu há mais tempo, 22 anos, sendo que outra curiosidade da equipa é que vai alinhar aquele que se vai tornar no jogador mais velho de sempre a jogar na competição, Serge Berthels, com 52 anos, e que competiu em 1996.

De ambos os grupos vão sair quatro equipas, para depois serem disputados os quartos de final, no dia 20 de julho, num modelo em que o primeiro classificado defronta o quarto da outra tabela, e em que o segundo lugar disputa com o terceiro o acesso à meia-final.

Em 2016, Portugal venceu na final a Itália, na altura a campeã europeia, reconquistando um título que fugia desde 1998, apesar de ser a seleção que mais vezes levantou o troféu, num total de 21 vezes.

Porém, entre 2000 e 2012, todos os campeonatos europeus foram conquistados pela Espanha, um hexacampeonato que, ainda assim, deixa os espanhóis a uma distância considerável de títulos, com um total de 16.

Fora de portas, a seleção portuguesa já não vence um título desde 1993, quando conquistou o campeonato do Mundo em Itália, e em Espanha já não festeja desde 1987, ano em que se sagrou campeã europeia, em Oviedo.

Alfa/Lusa


Opinions des lecteurs

Laisser un commentaire


Rádio Alfa FM 98.6 Paris (On Air)

La radio de la lusophonie et des échanges interculturels de toute l'île de France

Piste actuelle
TITRE
ARTISTE

Background